Visto Negado

aupair visto negado J1

11º Passo: Conseguir o Visto

Depois que recebemos o e-mail da agência comunicando o match oficial, temos que agendar o dia da entrevista do visto. No caso do APIA, contamos pelo menos 10 dias úteis para recebermos os documentos e agendamos. Agendar o visto é muito fácil, mas tem um custo de R$38. Depois, fui tirar a foto 5x7 e pedi para a salvarem no meu pen drive, na minha cidade não teve custo adicional. Assim que recebemos a placement letter (que tem o endereço da host familyem casa, já podemos preencher online o DS-160 que é um pouquinho longo, mas simples também. Eu consegui preencher tudo sozinha (fiz aqui um tutorial com imagens). Depois que terminei o DS-160, imprimi a confirmação: 
visti J1 au pair
Como na minha cidade não tem Citibank, fui em Campinas pagar a taxa de US$140 (R$252 no dia) e depois fui na Experimento receber as orientações para a entrevista do visto. Separei os documentos para levar: confirmação do agendamento, confirmação do DS-160, DS-2019 (J1), taxa Sevis, recibo Citibank, passaporte, placement letter, diplomas das faculdades, carteira de trabalho, carta do diretor da escola que trabalho, escritura do imóvel, documento do carro, extrato da conta e imposto de renda. Saí de casa às 5am e a minha mãe foi comigo. Entrei na fila pouco depois das 6am e não estava tão grande. Minha mãe não pôde entrar. Lá dentro, eles conferem os principais documentos e grampeiam tudo. Depois de passar pelo detector de metais, segui para uma fila onde me perguntaram o motivo da minha viagem e entreguei ali o passaporte e os documentos grampeados. Recebi uma senha e um papel laranja para ser anexado ao envelope do Sedex. Quando chamaram o número da minha senha, recebi, no guichê verde de pré-entrevista, tudo de volta e segui para a fila das digitais. No guichê vermelho, mostrei a folha do DS-160 pelo vidro e ali, tirei as digitais. Depois, fui encaminhada para a fila dos guichês azuis, os da entrevista. Nessa fila, recebi o envelope do Sedex e usei a minha caneta (levem canetas!) para preenchê-lo com o meu endereço. Enquanto esperava nessa fila, tentei me manter tranquila e fiquei observando os cônsules. Minha vez chegou e me encaminharam para o guichê 15, com uma consulesa americana/asiática que tinha uma cara bem séria e a minha entrevista começou:
Consulesa: Bom dia.
Gisella: Bom dia!
C: Qual o motivo da viagem?
G: Au Pair.
A partir daqui, em English
C: Por que quer ir para os EUA?
G: Porque eu quero melhorar o meu inglês.
C: Você estuda?
G: Não.
C: Você fez faculdade?
G: Sim, Pedagogia e Comércio Exterior.
C: Quando você se formou?
G: Pedagogia em 2009 e Comex em 2011.
C: Qual faculdade?
G: Max Planck.
C: Eu não entendo. Escrever nessa papel para mim por fafor.
G: Sure! (escrevo o nome)
C: Você trabalha?
G: Sim.
C: O que você faz?
G: Sou professora auxiliar.
C: Com quem você mora?
G: Com minha mãe e meu irmão.
C: E o seu pai?
G: Ele já morreu.
C: O que sua mãe faz?
G: Ela trabalha no departamento comercial de uma empresa.
C: Iqwertyuiopasdfghjklzxcmom?
G: Sorry....?
C: Iqwertyuiopasdfghjklzxcmom?
G: (Cara de desespero)
C: Eu poteria fer imposta de renda de seu mãe?
G: Ah, sure...
C: Eu poteria fer tampem extrata banco de seu mãe?
G: Uhummm...
J1 vistoC: (digita muito) Você já viajou para fora do Brasil?
G: Apenas para Argentina e Paraguai.
C: O que fará nos EUA?
G: Eu vou ser Au Pair em NY de 5 crianças...
C: (Cortou) Pegue o telefone.
C: Eu não poder conceder visto pra focê, sinto muito.
G: Mas por quê?
C: Esse carta explicar melhor.
G: Mas eu posso entender o motivo pelo menos?
C: Não escutar focê, eu não posso, pote ir, cchau.
(Essa carta é a mesma para todos e diz que fui considerada inelegível para obter um visto de não-imigrante, que devo convencer que me qualifico para o tipo de visto, que comprove que retornarei após a estada e que para isso, devo demonstrar vínculos sociais e econômicos. Diz também que poderei requerer o visto outra vez, mas somente quando houver mudança significativa e que isso não garantirá que receba uma decisão diferente.)
Então, saí do guichê e do consulado e fui me encontrar com a minha mãe, que me esperava sentada na calçada rezando por mim. Quando a contei que tive o visto negado, ela ficou mais triste do que eu! Pegamos o carro no estacionamento e fomos para a agência Experimento, em Campinas, contar para a minha orientadora que ficou muito surpresa, já que tinha me dado certeza de que daria tudo certo, pois eu tinha todos os documentos.
Agora, tenho a triste missão de escrever um e-mail para a host family contando que não tive sucesso com o visto... Mas, que irei, sim, recorrer e precisarei contar com a ajuda deles escrevendo para mim uma carta de apelo. A agência também providenciou outra carta de apoio e minha mãe, coitada, além de ter que voltar lá em SP comigo, terá que providenciar mais documentações para comprovarmos que somos pobres, mas não tão "pé-rapados" assim, né... Minha mãe tem uma loja de bijuterias, mas nem a citamos. Agora farei questão! E apresentei apenas o extrato da conta corrente da minha mãe, mas levarei também o da poupança, coisas assim. Quero muito que dê certo da próxima vez! A pior parte é ter que pagar tudo de novo.
Bom, eu pesquisei blogs de futuras Au Pairs que também tiveram seus vistos negados e das 8 Au Pairs que eu encontrei, só 2 tiveram o visto negado novamente e ambas desistiram do programa... É triste porque não dá nem para saber exatamente o motivo pelo qual eles negam. Se vocês tiverem qualquer dica ao lerem a minha entrevista, por favor, comentem aqui! Precisarei dessa ajudinha porque não quero ter que desistir de ser Au Pair nos Estados Unidos... Estou tão perto de realizar este sonho e não quero perder a minha host family.
Muito obrigada pelo apoio, torcida e companhia de sempre, amigas de blog!

27 comentários :

Júlia Araújo disse...

Então... acabei de ler seu post. Sua situação foi beeem parecida com a minha. Eu fiz 2 faculdade: em uma me formei em 2008 e na outra em 2011. Só que eu nao trabalho e nem estudo mais. O consul também pediu pra ver o imposto de renda dos meus pais. Meu pai tem uma casa no nome dele e minha mae tem um apartamento no nome dela. Eles sao professores do sistema público (são funcionários públicos, ou seja, a situação financeira é estável) e meu pai é professor universitário em faculdade pública e em outra privada. Por que o consul negou meu visto? Deus sabe. Mas ó, na minha segunda entrevista eu fiz exatamente as mesmas coisas da primeira. Mesma documentação mesmo tudo. A diferença foi que ele perguntou os estudos e eu disse 'I've just gratudated. I was a fulltime student and now I'm going to take my master's degree'. Que é mentira, claro e nao to matriculada em mestrado nenhum. Hhehe. Ai ele perguntou 'mas se você vai fazer mestrado, como vc vai pros eua?'. Ai eu disse que minha aulas so começavam em janeiro de 2013 (e ele acreditou).

Júlia Araújo disse...

Aaaah, claro que, antes de mentir eu procurei um mestrado na minha area na internet que começasse em 2013 e ai a seleção pro mestrado é em outurbro de 2012, ai imprimi essa página levei comigo. Porque se ele perguntasse se eu estou matriculada, eu iria mostrar que tava esperando o edital abrir preu poder me candidatar. Mas por sorte ele acreditou no que eu disse e nao me pediu nada. Ah, ele nao notou que meu primeiro visto foi engado, entao nao perguntou isso. Olha, é importante que você leve a carta de apelo da familia. Porque fui logo mostrando a minha e ele leu, e isso ajudou. Se você quiser, eu mando pra você a carta que a familia me escreveu pra vc saber como é. Beijos e fé em Deus, sempre.

Alice disse...

Oiii Giii, estou triste pq vc teve o visto negado, mas estou feliz pq percebo sua vontade de seguir em frente e n desistir. Força aí e se eu puder te ajudar c alguma coisa conte comigo.
Beijos

Audrey Borges disse...

aMIGAAAAAAAAAA não to acreditando!!! Como assim visto negado? que palhaçada!!!!
Vamos tentar no rio comigo?
ahh não te contei neh?? hahaha vc sumiu e eu não quero postar no blog ainda, mas I have a match baby!!
Vou no rio dia 27/02 simbora comigo???
Me liga, ou me passa seu cel no face...bjs

Unknown disse...

Oie Gi
Fiquei muito triste com a noticia!
"Quando Deus tira algo de você, Ele não está punindo-o, mas apenas abrindo suas
mãos para receberem algo melhor. A Vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus não possa protegê-lo." pensanisso#
Tenta novamente se nao der certo, veem para Europa =)
Bjao

Aline Bicudo disse...

Oi, Gi!

Poxa, eu sei bem o que é ter um visto negado. Antes de ser Au Pair, tive um visto F1 negado. E isso foi pouco de dois meses antes de tentar o J1.
A minha primeira entrevista foi parecida com a sua. O cônsul não me deu chance de falar quase nada, e nem me pediu documento algum.
Tentei o Au Pair e consegui o visto. Minha entrevista foi longa! hehehe
Porém, desta vez o cônsul me pediu até para eu explicar qual era o meu objetivo, por que eu queria tanto viajar. E consegui!

Dica: se na próxima entrevista lhe perguntarem se você já teve um visto negado, diga que sim. Mentir, neste caso, não é bom.

Quando ele me perguntou se era meu primeiro visto, eu disse que era o meu primeiro J1, aí ele me perguntou sobre o F1 e eu confirmei que foi negado.

Boa sorte na nova tentativa! =)

Anônimo disse...

Poxa Gisella!! fiquei muito triste por você!!
Bom minha irmã já foi au pair e teve o visto concedido e ela conheceu um pessoal que trabalha no consulado que explicaram pra gente alguns motivos de ter um visto negado,ela le seu post junto comigo e vou tentar explicar o que eu sei:
Vc já terminou a faculdade,isso mostra (pra eles) que vc não tem nenhum vinculo com os estudos aqui no Brasil e não vai voltar pra terminar a faculdade e (n mente deles) significa que já formada,vc já deveria estar trabalhando aqui e com duas faculdades o fato de vc querer ser au pair (novamanete na mente chata deles) quer dizer que vc nao tem a menor intenção de voltar e sim de um dia arrumar um emprego por lá.
Bom uma coisa q os amigos da minha irmã ensinaram (e q papai e mamãe não vou gostar de ler isso aqui) é : Minta se não tiver vinculos!é chato e eu não gosto de mentir,mas dizer ou star fazendo uma faculdade e dizer q trancou da a eles segurança de que talvez vc volte,ter um emprego fixo,do tipo q vc dependa dele e dizer que vc vai voltar pra essa empresa tbm conta (tipo professora eventual ou do tipo e igual o seu não conta,ter um namorado te esperando e que nao seja americano tbm!
Bom sei que parece absurdo mas foi oq os amigos da minha irma disseram e 90 por cento das meninas q nos conhecemos q tiveram o visto negado são pq: Não moram com os pais ou não estudam,ou não tem um emprego um bom tempo,ou não tem nenhum bem material no seu nome ou nome dos pais ou tem a renda familiar abaixo de 3 mil reias( oq significa ser abaico da classe c)
espero ter ajudado.
um beijho e muita boa sorte na proxima tenttiva pra vc e boa sorte pra todas nos.

Nathalia Garcia disse...

Oi Gi, li seu comentário no meu blog e vim correndo pra cá.
Puta que merda !!! Tô muito triste com essa notícia.
Mano, que japa filha da mãe. Nega e não quer nem falar porque. Que absurdo !!!
Mas não fica triste não flor, se for pra ser, será. Sei que todo mundo deve estar te falando isso agora, mas confia que o que é seu esta guardado.
Tenta de novo sim, que dessa vez você vai conseguir. Segue a dica do pessoal aí em cima que são ótimas. Mentir não é sempre o melhor caminho, mas se não resta outra solução, essa mentira não vai prejudicar ninguém.
A idéia de falar que esta matriculada em uma pós graduação que nem fez a Júlia que comentou aí em cima é muito boa. Pode dar certo.
Sorteee e forçaa meninaa, na próxima vai dar tudo certo se Deus quiser.
Beijooos

Rachel disse...

Oi Gi, quando vi o titulo do seu ultimo post tbm vim correndo...nao vejo pq te negaram o visto, achei uma puta sacanagem!!!
Fiquei mto triste por vc e parabens por nao se deixar abater!
Força que no final vai dar tudo certo, estou torcendo por vc!!!
Quando conseguir agendar o novo visto nos avise!
Beijos

Daniele Santos disse...

Giii
Tenta de novooo...
Vc vai conseguir se DEUS KISERRR e ele kerr...

Isso é realmente muito tristee..
Mas estouu aki torcendo por tiii...
E vai dar tudo certoo vc vai ver...
beIjosssssssssss

Anônimo disse...

Oi Flor achei super as dicas da Júlia!!
Fé em Deus! e continua firme na tentativa mesmo!
bjs

Raphaela Lauton disse...

Nossa que triste !! VC ja falou com sua HF ? Eles vao te esperar ?
Estou aqui torcendo por vc !! Espero qeu de td certo !!
E qnto a minha homesick, to fazendo de td para afasta-la !! kkkkk Xo !

Bjuss

Thais disse...

Obrigadaaa Gi. E tenho certeza que ainda vou te visitar em NY. Beijinhoos, e não deixe de dar notícias.
Qualquer coisa grita :)

Beijinhoos

Ma Cirne disse...

Oi Gi..nossa que ruim..mas força ai..!! tudo sempre dá certo...mostre seus novos docs..e vc vai conseguir sim..estamos todas torcendo...bjinhossss

Gabriela camargo disse...

Giiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii....................... Não acredito!!! vc tinha praticamente td pra ter o visto! que ódio!!!
mas não desiste mesmo!!! agora vai dar certo, com certeza!!!
Vamos todas torcer por vc!!!! (yn)

Fica com Deus. Bjãão :***

Thá Carmo disse...

Que chato.. É dificil entender o porquê de negarem seu visto!
Eles nunca deixam claro... mas faça isso que vc falou... leve TUDO que você tiver, a conta poupança é bem interessante, leve carta do trabalho falando que você tem vaga garantida quando voltar (mesmo nao tenho) só pra comprovar mesmo... Leva conta do seu irmao tb (nao sei se ele eh de maior) enfim, leva tudo que vc achar coerente, tudo que de certa forma, mostra que vc tem um vinculo com o Brasil! Fala pra sua host family fazer a carta falando que vc estara sobre responsabilidade deles durante sua estadia de UM ANO... Mesmo que vc queira ficar 2. Na hora da entrevista procure deixar claro que vc só que ir pq precisa melhorar o inglês, pra quando voltar ter um cargo melhor na sua area, no seu trabalho... Que sua intencao é apenas um ano...
Conheco meninas que tiveram o visto negado na primeira e conseguiram na segunda. Conheco outra que negaram 2 vezes, e ela nao desistiu, tentou a terceira e deu certo. Se Deus quiser vc nao vai precisar de terceira vez! Boa sorte, pensamento positivo! Reze bastante.. beijos

out disse...

Oii Gisella, td bom?
que triste que isso aconteceu, mas não desanima não, viu? Ter o visto negado é algo que todos nós estamos sujeitos a ter, au pairs, turistas, estudantes, qualquer um.
Eu li uma vez que a porcentagem de vistos negados é mínima, então acho difícil de acontecer novamente. Mas não desista não. A saga pra ser au pair já é tão dura rsrs desistir por causa do visto não dá né rsrs. ò torço por vc!! espero que dê td certo!! Tente quantas vezes for preciso. O duro é que tem que pagar, né?...
olha, um conselho que li em um outro blog de uma au pair que também teve o visto negado: tem que ter uma mudança significativa da sua situação. Segundo o que a menina disse, na próxima vez em que vc for tirar o visto, o cônsul já vai saber que vc já teve o visto negado e a data que isso aconteceu. E umas das primeiras perguntas qe ele vai fazer é "O que mudou desde a última vez que vc veio aqui?". É de matar, né? pois sei que não dá pra fazer milagres né... Mas é importante vc ter algo de 'novo' para falar.
espero ter ajudado
beijos
boa sorte!!
nos mantenha informada ;)

Kátia

AuPair 2011 disse...

Oie Gisella, tive meu primeiro visto negado e hj estou aqui, porém não desista..OK..Meus pais tens boas condições de vida e imóveis..As vezes eles olham na sua cara e não está de bem com a vida e negam o visto..
Olhe meu blog pra ver como foi.
Beijos

Jaqueline Lima disse...

Gi, isso é só mais uma pedrinha no seu caminho.
Tenho certeza que vc vai superar e buscar o SEU visto la no consulado denovo!

Tô rezando por você, fé em Deus entrega tudo nas mãos dele viu ?! beijos

Ellaine disse...

O que é SEU, ninguem tira! DEUS esta contigo!
Estamos orando por vc!

beijos

Júlia Araújo disse...

Brigada, Gisella!!! Deus tá guardando algo muito bom pra você também! Tô torcendo muuuuuuito por você! Beijos!

Patricia Vilhena disse...

Oi Gisella.
Nossa que coisa mais chata que aconteceu com vc!
Mas não desista não, tente de novo que vai dar tudo certo!
Aconteceu uma coisa parecida comigo, a agência que eu estava indo depois de tudo estar pronto me falou que eu não podia mais ir, sem dar explicações, mas eu não desisti e estou indo por outra agência.
Beijos e boa sorte! : )

Mônica Carlos disse...

Ah Gi que sacanagem negarem seu visto... =(
Como ta o andamento da segunda entrevista?
Sera q vc nao conseguiria tira-lo no Rio? Eh um dinheiro a mais de passagem mas pelo menos eh ctz de visto concedido. Minha entrevista foi um fracasso e msm assim ele me deu, rsrsrs.
Te desejo toda boa sorte do mundo na segunda vez. Nao desiste viu?

Beijos!!

Anônimo disse...

Boa noite ontem tive meu visto negado no codigo214b,e nao sei o que fazer agora estou desesperado,levei tudo imposto,extrato,tudo que vcspossam imaginar,mais nao consegui o visto...

Unknown disse...

Tive meu visto negado F1 na primeira vez, foi rapido mas bem dolorido! Tentei a segunda, o arrogante do oficial me perguntou: O que fez para mudar sua situacao nesta duas semas depois do visto negado? Bem, eu disse que estava munida de todos os docs necessarios nao apresentados na primeira entrevista, ELE OLHOU PRA MIM e disse: Vou negar tambem!!! Pode isto? E sem olhar nenhum papel???
Estou indignada e fora do prumo!

Unknown disse...

Alem disto cancelaram meu visto de Turista valido por 10 anos que tirei faz 6 meses, revoltante!!! Por que eu nao fiquei por la e vim de volta para o Brasil? Por ser honesta paguei um preco bem alto !!!

Anônimo disse...

Olá.
Tive o visto negado pelo motivo: - o senhor nao conseguiu provar vinculos no seu pais, e pode querer nao voltar dos EUA. Mas podera tentar o pedido de visto novamente.
Se nunca fui em 60 anos, (por que NUNCA quis ir para lá, pois nunca me atraiu) e o motivo da ida, era por luto, e detalhe vai a familia inteira (6 pessoas do Brasil, 4 da Alemanha e 6 de outros paises Europeus).
Por ser divorciado, ouvi do ridiculo (agente consuler) que eu nao tinha esposa e nao poderia ir, por falta de vinculos fortes no Brasil. Ah sim nenhuum, apenas uma empresa, imovel proprio.
País ridiculo, funcionarios arrogantes e etc.
Tentar visto novamente?
Me poupe o motivo da ida, era por luto, e por 2 semanas.
Enfim nem cheguei a mostrar os documentos numa entrevista vexatoria de menos de 1 minuto.
Duvido muito que seja o ridiculo e arrogante consuler que decida conceder ou nao o visto a alguem.
Se nao fui em 60 anos, jamais pensaria em morar la, e nao pretendo ir nunca. E nao passar por esta situação humilhante novamente.
Alias queria um visto para visitar uma parente por luto, e nao visitar o pais.
Simplesmente lamentavel o ocorrido.
Desculpe por publicar o desabafo aqui, mas estou procurando algum lugar para relatar oficialmente o ocorrido, porem como diz o ditado, acho que so mesmo reclamando com o bispo.
Ir para os EUA?
Nem de graça, mesmo que no futuro nao exijam mais visto, e nem mesmo que me paguem.