My First Post From America

embarque de aupair

Cheguei!

Hoje é dia 12 de Março de 2012 e deu tudo certo com o voo, já estou aqui nos Estados Unidos! Vou detalhar a minha saga para nunca mais esquecer! Saí de casa às 3am com a minha mãe e tia para o aeroporto Guarulhos em SP, eu mesma fui dirigindo! Chegamos lá às 4:30 e já reconheci a Camilla que estava próxima ao check in da TAM. Esperamos até às 5am e fizemos o nosso check in. Despachei a minha mala grande que pesava 26kg e fiquei com a de mão, que estava super pesada, com quase 7kg!
embarque au pair
Noeli, Carol, Camilla e eu
As demais meninas foram chegando e o nosso grupinho de camisetas cor-de-rosa foi aumentando! Às 7:30, tivemos que nos despedir da nossa família para seguirmos para o portão de embarque, o 6. Com certeza, esse foi o (único) momento triste do dia, ter que abraçar e dar o beijo de tchau na minha mãe... Me senti mal por ter sido a única pessoa ali que não chorou mas, eu não sou muito emotiva e estava muito ansiosa para entrar logo no avião! Passamos pelo detector de metais, apresentamos o passaporte para confirmarem se estava tudo certo com o visto e, passamos pelo Duty Free já imaginando as coisas legais que teremos aqui para comprar, neste país consumista! A gente fez uma rodinha com as brasileiras em frente ao portão de embarque e ficamos conversando, sobre Au Pair claro, até que o embarque começou. No avião, fomos sentadas a maioria no fundo, o que foi legal porque pudemos ir conversando e nos conhecendo ainda mais. O avião era ótimo, enorme, tinha monitor individual com fone de ouvido e várias opções de filmes, músicas e até dava para acompanhar a rota do voo por um mapa que toda hora eu checava para ver aonde o avião estava! Também tinha cobertor e travesseiro e eu dormi bem na hora que serviram um lanchinho haha Mas, comi às 4pm quando serviram o almoço. Comi lasanha, salada e pudim de sobremesa (o meu e o da Camilla!). Como o voo saiu com uma hora de atraso, chegamos em NY às 7pm (8pm no Brasil). Enquanto o avião pousava, eu e a Noeli ficamos encantadas, olhando pela janela as casas sem muros, tudo bem diferente e bonito! Daí, descemos do avião e um friozinho na barriga começou porque era a hora de passarmos pela imigração! Lá, apresentamos o passaporte, os formulários que preenchemos durante o voo, o DS-2019 e a placement letter. Foi mais tranquilo do que imaginava, passamos todas em guichês próximos (eu não quis ir primeiro, não!), quando chegou a minha vez, a atendente já sabia que eu ia ser Au Pair e até me perguntou de quantas crianças eu ia cuidar e ela deu risadas quando disse que era de cinco. A gente coloca quatro dedos da mão direita juntos para tirar as digitais e olha para a câmera para tirar uma foto. Ela foi carimbando e perguntou se eu ia estudar inglês, foi bem simpática e até me desejou boa sorte! Depois disso, fomos buscar as nossas malas na esteira e passamos por mais uma fila para entregar um dos formulários carimbado na imigração. No portão de desembarque, fomos nos encontrar com a agente do APIA! Ela estava nos esperando com uma plaquinha cor-de-rosa e nos levou para uma van. Como estávamos em 12, nos dividimos em dois grupos e viemos para o hotel do treinamento, aqui onde estou, em Stamford, Connecticut. A viagem na van durou aproximadamente uma hora que pareceu bem menos porque fomos observando a rodovia, o trânsito, os carros (grandes!), as placas... Tudo! Eu comparo até agora com São Paulo, só que bem limpo e mais moderno! A temperatura está por volta dos 13°C, está frio! Aqui no hotel, fomos levadas para uma sala e recebemos as boas-vindas e uma breve orientação. O inglês da pessoa era muito rápido e se eu já não soubesse do que ela se tratava, por acompanhar blogs de Au Pairs, não teria entendido praticamente nada... Ela entregou um envelope com o cartão/chave do quarto e duas etiquetas que tinham o número do quarto para as nossas malas, o meu é o 205. Também recebemos outro envelope sobre um tour para NYC na quarta-feira. Algumas meninas já estavam com esse tour pago pelas host families delas. A minha não pagou o meu e como é opcional, eu não o farei porque eu vou morar em NY e poderei ir turistar quando quiser, sem ter que pagar! Colocamos as etiquetas nas malas lá na recepção e eles as trouxeram para os nossos quartos. São 3 Au Pairs em cada quarto, que tem duas camas queens e uma pequena que eles acrescentam e a Au Pair que chega por último no quarto, normalmente fica com essa cama pequena. Como chegamos já à noite no hotel, eu tinha certeza de que iria ter sido a última a chegar no meu quarto e já havia me conformado de que iria ficar com a cama adaptada. As colegas de quarto são selecionadas pela agência de acordo com a região das host families, ou seja, eles colocam Au Pairs que vão morar perto no mesmo quarto para já irem fazendo amizade. Eu não via a hora de saber quem ia estar no meu quarto e de que país elas seriam... Mas, para a minha grande surpresa, quando entrei aqui no quarto, não tinha ninguém e pude escolher uma das camas maiores! Fui ver as outras meninas que vieram no voo comigo e elas todas já tem companhia nos quartos delas, tem meninas de outros países da América do Sul e Central, Europa, África, Ásia... Do mundo todo! 
au pair treinamento
Nós fomos jantar no restaurante do hotel e era macarrão com molho branco, arroz e salada com um molho muito apimentado e refrigerante sem gás. Daí, fomos comprar um cartão telefônico para ligarmos para as nossas casas no Brasil. Como estava tarde, não pudemos sair para comprar este cartão fora do hotel, que é mais barato... Então, tive que pagar US$20 no do APIA! Mas, foi bom poder ligar para a minha mãe bem rapidinho, só para dizer que cheguei e que estava tudo bem. Daí, fui enviar um e-mail para a minha host family para avisá-los também que já estava aqui. Então, voltei para o meu quarto, tomei um banho (a técnica para abrir o chuveiro que aprendi lendo blogs de Au Pair super ajudou! É só puxar o pininho da torneira da banheira para sair a água do chuveiro e, quanto mais você abre, mais quente fica. Muitas meninas devem ter tomado banho de banheira hoje por não conseguirem ligar o chuveiro!). Vesti o meu pijama e enquanto escrevia este post, a minha companheira de quarto chegou!! Ela se chama Kéti e é BRASILEIRA! Nós vamos morar muito próximas uma da outra, 15 minutinhos só! Ela só chegou agora porque teve que vir em outro voo, um da Avianca, que fez conexão em Bogotá e por isso chegou bem depois. A gente até se viu lá no aeroporto e trocamos um e-mail semana passada. Estou tão aliviada que vou dividir o quarto com ela, uma pessoa que consigo entender e posso conversar! Até agora, nenhuma terceira menina aqui. Bom, vou indo dormir para descansar porque amanhã, o treinamento começa!

7 comentários :

Unknown disse...

Ai, que legal!
Aproveite bem e não deixe de passar aqui pra contar!

Beijoooos

Raphaela Lauton disse...

Ain aproveita o treinamento que eh mtu bom !! Eu adoreii !!

Rachel disse...

Oi Giii!!!
Que bom que chegou bem!!!
Muita coisa diferente né!
Aproveita bastante!!
Volta pra contar como foi o treinamento!
Boa sorte!!!
Beijos

Juliana Brandão disse...

Giiii. Que bom q chegou bem. E nós conta como está por ai, o tempo, as pessoas? Aproveita muitoo, pois esta experiencia só tem acrescentar em sua vida! Bjuuus

Unknown disse...

Oie Gi
Muito bom ter noticias suas!
Divirta muito ai =)
Estou ansiosa pelos proximos heehee...
Bjao

Mariana disse...

Olá Gisella!
Conheci hoje teu blog, li o problema que você enfrentou com o visto, e estou acompanhando tua saga agora!
Have fun e qualquer coisa se quiser conversar, estamos aí. Sou ex au pair e voltei ao Br recentemente, morei em NY também.
Abração!

Alice disse...

Aiii Giii, q emoção! to muito feliz por vc viu? Logo nos encontraremos ok?
Bjks