Winter 2020

O Inverno

Os três primeiros meses deste 2020, ano redondinho e tão esperado, foram de muitas mudanças. Infelizmente, o planeta está sofrendo uma pandemia. A nova doença respiratória, Coronavírus (COVID-19), vem se espalhando pelo mundo todo. Começou na China, atingiu a Europa nos primeiros meses do ano e agora, aqui nos Estados Unidos, o surto é assustador, principalmente em New York e aqui em New Jersey. Até o final de março, os números de casos em todo o mundo já ultrapassou 1 milhão e só aqui, nos EUA, foram quase 20 mil mortes (no Brasil todo apenas pouco mais de 200 óbitos). Há duas semanas, estamos em quarentena para evitar de nos expor ao risco de infecção, já que ainda não existem medicamentos para o tratamento desse vírus.
Mas, voltando ao começo do ano, essa selfie com o Nicholas foi a minha última postagem do Instagram no dia 1º de janeiro, eu decidi sair das redes sociais e começar 2020 sem distrações. Eu já não tinha FaceBook e o Instagram se tornou uma rede social intensa, com pressão e distorções da realidade e estava sendo um problema para mim.
Desde antes mesmo do Nick nascer, logo que parei de trabalhar, eu fiz uma listinha com alguns projetos para fazer quando não estivesse mais trabalhando e quase um ano e meio havia se passado e eu ainda não havia realizado nenhum deles. Acontece que ser mãe é um trabalho e todo o tempo livre que eu tinha, estava sendo gasto de maneira nada produtiva. Um dos meus projetos é o de organizar, no meu computador, todas as minhas fotos tiradas nos últimos 8 anos e está dando um trabalhão! Outro projeto, era o de re-mobiliar e re-decorar o nosso apartamento, tirei fotos para mostrar como ficou, eu amei!
Nossos móveis eram de 2014, de quando eu e o Mike começamos a morar juntos e tinha muita coisa de vidro, o que não era nada seguro, já que agora, o Nick está por todos os cantos! Optei por um estilo minimalista, pratiquei o desapego e usei o "menos é mais", ou seja, só mantive o essencial e está tudo bem prático por aqui. Nossa meta principal para este ano novo é a de comprar a nossa casa, já que o Mike recebeu a confirmação de que irá trabalhar por aqui por um bom tempo ainda. E com isso, passamos a economizar de todas as formas possíveis e uma delas, foi a de cancelar a aulinha de ginástica do Nick que era bem cara. Também paramos com a natação dele, mas não foi porque queremos, a academia não formou turma este ano para a idade dele. Mas, como sempre o levamos na piscina, praticamos o que fazia nas aulinhas com ele!
O Nick terminou o mês de janeiro completando seus 15 meses e teve consulta pediátrica e mais uma vez, ele não chorou ao ser vacinado! Janeiro também teve o aniversário da vovó Marli e nós estamos tristes porque ela e o titio Rô iam vir nos visitar agora em abril para a Páscoa, mas por causa do Coronavírus, tiveram que adiar a viagem.
Fevereiro começou com o segundo Super Bowl do Nick, que é a final do campeonato de futebol americano e, mesmo sendo este o oitavo meu, eu continuo perdida durante o jogo haha Assistimos em casa mesmo e, como sempre, amei o halftime show que este ano foi com a Shakira e a Jennifer Lopez. E, fevereiro também é sinônimo de Valentine's Day, o dia dos namorados que não é só para namorados. Foi o segundo do Nick também, mas ano passado ele ainda era tão pequenininho. Bom, acho que será assim com todos os feriados este ano, né, ficarei comparando o quanto o Nick cresceu e mudou de um ano para cá! Ah, o quartinho dele também está de cara nova!
Comemoramos com o nosso Valentine na piscina!
Foi a última vez que fomos ao clube em família, já que agora está fechado como medida de enfrentamento ao Coronavírus. Nos divertimos bastante porque como sempre digo aqui, o Nick AMA a água!
Também em fevereiro, recebemos a visita da nonna, que passou o fim de semana aqui com a gente e o Nick matou a saudade. Aproveitamos que ela estava aqui e no sábado à noite, fui com o Mike ao cinema assistir ao vencedor do Oscar de melhor filme, Parasita. No domingo, levamos o Nick ao parquinho pela primeira vez este ano e nos despedimos da nonna depois do jantar.
E, fevereiro se encerrou com a Quarta-feira de Cinzas e com a última visita do Nick na dermatologista, já que o hemangioma que ele tinha atrás da orelhinha direita desapareceu por completo! Foi o daddy quem o levou na consulta porque a mommy aqui estava em uma entrevista de emprego, pois outro projeto meu para 2020 é o de voltar a trabalhar! A empresa do Mike construiu uma escola e eu fui contratada para ser a pre-K teacher e o Nick irá estudar lá também.
Mas, por conta do Coronavírus, ainda não sabemos quando as escolas irão reabrir. E também por conta do coronavírus, o parquinho está fechado, ainda bem que fui com o Nick no comecinho de março. E este mês, tivemos uma super-Lua, que é quando a lua fica bem próxima da Terra! Aqui, foi dia 9 (no Brasil, dia 21) e nós tivemos que levar o Nick lá fora antes de dormir para ver que linda, enorme e brilhante essa supermoon estava!
Eu não sei se foi influência da lua, mas foi no dia seguinte que o Nick, finalmente, começou a andar!
Ele puxou para mim, que também demorei 16 meses para dar os primeiros passos sozinha. E foi um super presente de comemoração aos 8 anos do dia em que me mudei para este país, 12 de março de 2012, esta data será sempre especial para mim, pois olho para trás e vejo aonde a minha vida está agora e não poderia ser mais grata pela benção que recebemos através do Nicholas!
Claro que comemorei com ele na piscina! Foi a última vez que fomos porque no dia seguinte, o clube fechou #stayhome
Agora, com todos os lugares fechados, o que nos resta como atividade ao ar livre, é passear pelos arredores aqui do nosso condomínio. Ainda bem que o clima vem esquentando. Aliás, este inverno todo, não tivemos neve! Aqui na nossa cidade, em NJ, não nevou nenhum dia e isso é preocupante #aquecimentoglobal
Bom, o Mike teve o seu último dia de trabalho, no trabalho porque agora está em casa de quarentena de Coronavírus, mas está trabalhando pelo computador e telefone, porém, infelizmente, como grande parte da população nesse momento de crise, ele teve um corte no salário, ou seja, nosso projeto casa própria vai ter que esperar.
E está sendo um tanto desafiador entreter um toddler andante (e bagunceiro!) em um apartamento pequeno tomando cuidado para não atrapalhar o daddy enquanto trabalha no quarto. Estou mantendo a rotina do Nick, mas tive que adaptada-lá com jogos e atividades que tenho que trocar a cada meia hora.
O Nick também vem assistindo mais TV esses dias que estamos em casa, mas fazer o quê... Assistimos alguns clássicos da Disney e ele já ama o Mickey ºoº
ex-au pair primaveraMas, todos os dias, saímos para uma caminhada quando não chove, pois esta época de começo de primavera é bem chuvosa, mas faz tudo ficar tão lindo, florido também. A atual rotina do Nick é a seguinte...
toddler meals
Um dia das refeições do Nick
Ele acorda às 8am e toma uma mamadeira de 150ml no berço. Eu o troco e às 8:30 ele toma o seu café da manhã (frutas vermelhas e banana). Às 9am, ele assiste Vila Sésamo e 9:30 brincamos com seus brinquedos em seu quarto ou pela sala. Às 11am, o levo para a nossa caminhada e 11:30 ele almoça e toma 150ml de leite no copo. Dou uma fruta (mexerica) de sobremesa e ao meio-dia ele tira sua soneca no berço. Acorda às 3pm e toma iogurte com uma fruta (mamão). Às 3:30, nós fazemos alguma atividade pedagógica (colorir com giz de cera) e às 4pm, assistimos Os Backyardigans. Às 4:30, ele come um snack (waffle com pasta de amendoim ou amêndoa) e então, o Nick brinca com o daddy. Às 6:30, ele janta e come uma fruta (kiwi) de sobremesa e assiste A casa do Mickey. Às 7:30, ele toma banho e, às 8pm, toma uma mamadeira de 300ml no berço e dorme até às 8am do dia seguinte e tudo se repete!
alimentação saudável
O Nick come super bem e falando em alimentação, há 4 meses, nós mudamos os nossos hábitos alimentares aqui em casa. Depois de assistirmos 20 documentários, decidimos começar a seguir com uma alimentação whole food plant-based, que é uma "dieta" baseada em vegetais e alimentos na sua forma mais natural, completa, não refinada e minimamente processada. Alimentos que, muitas vezes, são considerados apenas acompanhamentos nas principais refeições. Por muitos anos, quem ditou o que deveríamos consumir foi a indústria da carne e do leite, mas hoje, existem muitos estudos científicos que comprovam que a ingestão excessiva da proteína animal, laticínios e industrializados está diretamente relacionada ao desenvolvimento de doenças cardíacas e crônicas, como diabetes, hipertensão e até o câncer. Não é veganismo/vegetarianismo, mas além de ser uma dieta segura, equilibrada e preventiva, é também um estilo de vida porque vai além da alimentação, envolve o cuidado com a saúde física, mental e ambiental, diminuindo o impacto causado pela agropecuária, que utiliza mais de 90% da água doce do mundo e 1/3 deste total é para a produção de ração animal... Enfim, deixei listado aqui os documentários para quem tiver mais interesse no assunto. Quando converso com alguém sobre isso, a maior preocupação é em relação a proteína, cálcio e vitamina B12, mas aqui em casa, a nossa alimentação é bem planejada e equilibrada então, o teor de proteínas e de cálcio é sempre facilmente atingido todos os dias, e a gente suplementa a vitamina B12. Nós excluímos carnes e aves, mas comemos peixes, geralmente o salmão (e sempre o salmão natural e não o criado em cativeiros) também consumimos ovos (orgânicos e de galinhas alimentadas com pasto). O leite de vaca só o Mike continua usando em seu café, mas só um pingo mesmo. Já o Nick, toma leites vegetais, o de soja, de linho e de cânhamo. Seu iogurte é de leite de amêndoa ou de castanha de caju e sempre natural, sem sabor ou açúcar. No mercado, opto por orgânicos e compro frutas, vegetais, tubérculos, leguminosas, oleaginosas, sementes, cogumelos, cereais e grãos integrais... Tem muita coisa além de carne e frango! E a água é a nossa opção de bebida, a mais saudável de todas! Nossa alimentação está mais cara, mas é o nosso investimento para a nossa saúde, bem-estar e longevidade!

2 comentários :

Mike disse...

💙Love my family!👪

Thamy Costa disse...

Oi Gi,
É verdade infelizmente o coronavirus acabou atrapalhando muito nossas vidas, maaas e nesse Winter precisamos ficar em quarentena pra se proteger. Fico triste que sua mãe e irmão não possam ter vindo, mas logo isso tudo passa e vcs poderão se ver! Que Deus abençoe nosso planeta e a humanidade! Falando nisso parabéns por ter mudado a sua alimentação, acho super legal que vcs estão comendo mais saudavel, cuidando da saúde e ajudando nosso planeta, que é nossa única casa, ao mesmo tempo! Eu, como ja te disse antes, não consigo mudar muito na alimentação porque ainda moro com host family e infelizmente tenho que comer o que eles compram ou tem em casa! Mas logo eu termino o au pair e terei mais independência nesse sentido!
Adorei as fotinhas!
Beijinhos! :)